Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘pessoal’

O mau uso do livre-arbítrio

Ontem, feriado, estava eu fazendo várias coisas no computador com a TV ligada do lado.

Por acaso (por acaso mesmo) sintonizei a Rede TV! e estava passando o programa que estreou esta semana apresentado por Luis Antonio Gasparetto (mais conhecido como filho da Zibia Gasparetto, a famosa autora de romances espíritas).

O programa, assim como o apresentador é tosco. Mas isso não é novidade, é o que se espera da Rede TV!. O que me chamou a atenção no entanto foi a entrevistada. Uma senhora que, sem vergonha nenhuma (até com orgulho) dizia que era uma pessoa difícil de conviver, que era insuportável.

E de fato ela não precisou se esforçar muito pra comprovar o que dizia, realmente se tratava de uma mala-sem-alça-e-sem-rodinha-elevada-ao-cubo, me senti até aliviado, tem gente que consegue ser mais chata do que eu… rs

Ela foi entregando espontaneamente suas peripécias, como o dia que proibiu o filho adolescente de fazer tatuagem, o dia em que expulsou o namorado da filha de casa (filha que é administradora de empresas formada, tem 25 anos), e quando ela mandou “praquele lugar” um grupo de rapazes que ousaram chamar ela de “tia” no metrô.

Aliás, foi o incidente do metrô que me fez mudar de canal e não continuar vendo as “aventuras” desta senhora. Os rapazes que “xingaram” ela de tia no metrô estavam reclamando dela ter saído pela plataforma errada, a de embarque, e não a de desembarque, como orienta as placas e o próprio condutor do metrô. Nisso ela soltou a pérola: “mas é um absurdo, eu tenho o meu livre-arbítrio, as duas portas abrem, por que eu tenho de sair pela plataforma que mandam? Eu saio pela que me melhor convir”. Tudo com a concordância do tosco apresentador.

Daí eu fiquei imaginando as milhares de criaturas ao redor do mundo que pensam do mesmo jeito. Já pensou se todo mundo resolve ter o mesmo livre-arbítrio no metrô? Ia ser complicado embarcar e desembarcar. E leva isto pra fora, imagina se todo mundo resolve exercer seu “livre-arbítrio” ignorando o sinal vermelho, jogando lixo na calçada, buzinando em frente a hospital, fumando em lugar fechado…

O cidadão consciente abre mão do seu livre arbítrio em nome do bem comum. Era isso o que a TV deveria ajudar a ensinar, era isso o que aquele tosco apresentador deveria ter dito, devia ter colocado aquela chata em seu devido lugar, e não encorajado e mostrá-la como bom exemplo. Mas, como sabemos, seria demais esperar coisa diferente da Rede TV!.

Abraços,

Rogério Silva

“ Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és o meu Deus; guie-me o teu bom Espírito por terreno plano. ” (Salmos 143:10)

Read Full Post »

Pra que serve um blog

Quando eu comecei a ouvir falar desta onda de blogs e afins não me imaginei nunca fazendo um.

É que blog me foi apresentado como um diário que se escreve para todo mundo ler.

Quando eu tinha 12 anos eu tive um diário, queria retratar a minha vida pra mim mesmo no futuro,mas não queria que ninguém lesse sobre minha vida. Cheguei a inventar um código pra que só eu entendesse o que estava escrito, ainda lembro do código, mas nem lembro onde deixei o caderno de recordações, e também esqueci essa história de diário, com o tempo a idéia me deu tédio, daí eu cheguei a conclusão que diário = bobagem.

Quando me apresentaram os blogs como diários, logo fiz a relação:

Se diário=bobagem e blog=diário então BLOG=BOBAGEM. E durante muito tempo acreditei nisso.

Mas quando faço algumas explorações mais difíceis tenho percebido que há blogs que realmente fazem a diferença, e que estão bem longe de serem diários, mais longe ainda de serem bobagem. E essa a intenção aqui. Não sei se vai ter alguém que vai perder tempo lendo estas “bobagens”, mas espero mesmo que quem faça isso possa tirar algum proveito do que estiver escrito aqui. Daí a idéia de um blog útil, um blog “bom-bril” com mil e uma utilidades (e até, porque não, 2002 futilidades).

Não vou escrever sobre a minha vida, não a princípio. É claro que muita coisa que acontece comigo pode vir parar aqui, mas não é a intenção compartilhar coisas pessoais com o resto do mundo. Até porque minha vida nem é tão interessante assim.

O grande problema é que nada neste blog será bobagem pra mim, mas poderá tudo ser uma grande bobagem pros outros, então peço pra você, o que eventualmente entrar aqui que tenha um pouco de paciência. Críticas e sugestões serão sempre bem-vindas, intromissões porém jamais.

E tenho dito, fiquem com Deus meus leitores,

Rogério Silva

“ Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada. ” (João 14:23)

Read Full Post »