Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \23\UTC 2010

Verdade absoluta

O mundo é tão maluco que parece que às vezes precisamos de um esforço incrível pra explicar o obvio.

Hoje em dia a maioria das pessoas parecem realmente acreditar que tudo é relativo e falar em verdade absoluta chega até a ofender.

Por exemplo, se um balão é vermelho isso é um fato, uma verdade absoluta. Não importa se você só enxerga em preto e branco, ele é vermelho. Não importa se você nem olha pro balão, ele continua sendo vermelho.  Não importa também que você argumente se o balão é azul ou verde, se você acredita ou não, o balão vai continuar sendo vermelho.

Verdade absoluta é algo tão simples que chega a complicar.

É exatamente este o exemplo no vídeo abaixo:

Observe como as pessoas ao redor da garota reagem, uma delas argumenta que a mãe ensinou que o balão é azul. O outro argumenta que estudou cores no colégio e por isso o balão é verde. Acontece que a verdade absoluta não depende da educação familiar ou formal que tivemos, ela é um fato. No caso o balão vai continuar sendo vermelho.

Nossas opiniões são variadas e nem sempre podemos saber se estamos certos ou errados, mas isso não quer dizer que a verdade é relativa (ou em outras palavras que tudo pode ser verdade).

Não existe essa história de que algo é verdade pra mim e não é verdade pra você, o que existe  são duas opiniões diferentes, e as duas podem ser verdade ou não.

“Falai a verdade cada um com o seu próximo; executai juízo de verdade e de paz nas vossas portas.” (Zacarias 8:16)

Anúncios

Read Full Post »

Os vídeos abaixo são a refutação feita por Craig do argumento usado por Richard Dawkins em seu livro “Deus, um delírio”.

Segundo Dawkins o argumento da  improbabilidade comumente usada pelos adeptos do Design Inteligente pode ser usado contra eles porque cria um novo problema “quem projetou o projetista?”

Seguem os vídeos.

Vi neste blog, que recomendo: http://neoateismodelirio.wordpress.com

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”. (Romanos 8:38-39)

Leia também:

Coisas que não acredito (e o que acredito)

Aqulo que Jesus não é

A Verdade

Read Full Post »